Um blog sobre a vida

Um blog sobre a vida

Violência


posted by Angel on , ,

21 comments

Fui vitima de violência em plena rua e com testemunhas, situação que acabou por me levar ao hospital ontem ao inicio da tarde... (quase parece uma noticia de jornal :))
Isto contado assim até parece muito grave mas não se assustem os mais sensíveis que já estou quase pronta para outra. Vamos então à descrição dos factos.
Local:
- Porta da creche
Hora:
- 9h30
Situação:
- Fui deixar o Diogo à creche e ao chegar lá toquei à campainha, veio a educadora C. e quando o Diogo a viu virou-se de repente para o meu pescoço e enfio-me o dedo dentro do olho. Foi uma dor terrível e já nem consegui abrir o olho, fui colocar água e aquilo doía imenso, depois a educadora J. veio colocar-me soro.
Mas as dores não passaram, voltei para casa porque só ia dar aulas mais tarde mas de vez em quando a dor voltava e parecia que me estavam a cortar o olho. Achei que não estava muito bem, tentei corrigir uns testes mas estava a ser muito difícil e olhar para o ecrã era impossível.
No entretanto ligam da creche a dizer que o Diogo tinha febre e que lhe iam dar benuron, eu disse que já ia buscá-lo. No caminho para lá a coisa complicou-se e eu tive de parar o carro porque nem conseguía ter o olho aberto. Sentia que as dores pioravam e não passavam.
Cheguei a casa liguei para a escola a avisar que ia faltar e deixei o Diogo com a avó e fui para o hospital.
Fui observada e de facto tinha uma lasquita, colocaram-me umas gotas e um penso no olho que só pude retirar hoje pela manhã. Regressar a casa é que foi uma festa, o R. estava longe e eu não me apetecia ficar à porta do hospital à espera dele uma serie de horas, tive de me meter à estrada (com muito medo!), isto é daquelas coisas tipo "não tentem isto em casa", conduzir com um olho tapado é terrível, perde-se mesmo a noção. Felizmente cheguei bem embora as dores. A noite foi péssima e só pela manhã deixei de sentir dores.
Agora estou a fazer umas gotas de 4 em 4 horas, ainda não vejo muito bem, parece que as coisas estão desfocadas.
Conclusão:
Tenho um filho violento que mandou a mãe para o hospital!
Por isso cuidado não se metam com ele :)

21 comments

  1. Anónimo