Um blog sobre a vida

Um blog sobre a vida

A história do meu primeiro virus


posted by Angel

10 comments

Ás vezes até tenho vergonha de dizer que sou prof. de informática perante tal estupidez a minha!
Sexta-feira passada fui dar uma aula pela manhã, coloquei os míudos a fazerem uma ficha e depois sentei-me na secretária a instalar um programinha que tinha sacado da net na noite anterior.
Instalei, corri um executável que me daria o serial(é o que dá arranjar programas de forma ilegal) e de repente tudo bloqueou. Percebi logo que aquele não era só um executável para me dar o serial! Pensei já cá canta um virus vamos lá ver até onde vão os estragos... voltei a ligar o portátil porque tinha bloqueado tudo e eis que nada aparece no ecrã, até tremi! Pensei logo: "Ai, ai a BIOS"... Mas por outro lado já à imenso tempo que não ouvia falar de virus criados com o intuito de afectar a BIOS, só me vem mesmo à memória o "Chernobyl".
Cheguei a casa, tirei o disco e coloquei tudo a salvo (isso sim era o mais importante, nem vou dizer que já não tinha os backups actualizados e o último tinha sido à mais de um mês!), passei um antivirus para ver se o disco tinha alguma coisa e detectou que o boot sector tinha sido alterado. Problema corrigido, coloquei o disco no sitio na esperança de fosse funcionar mas não. Tudo na mesma, nada aparecia no ecrã. Voltei a tirar o disco e limpei tudo o que lá tinha e levei-o a um sitio que já me tinham falado muito bem, o Mister PC (passo a publicidade). Expliquei o problema e o que eu tinha feito, o sr. que me atendeu tentou logo ver o que se passava, tentou através de uma disquete e umas teclas de atalho entrar com a BIOS em modo cego e ao fim de algumas tentivas o portátil deu sinal de que ainda existia vida, voltei a ter esperança! Depois voltou a reiniciar para ver se tinha ficado tudo bem mas ele não deu sinal de vida....
Diagnóstico: o portátil tem mesmo de ser todo esventrado e verificar o que se passa, pareceu-me que afinal a coisa era mais para o grave... agora estou à espera que descubram o problema e me digam qualquer coisa.
Entretanto faz-me imensa falta, tenho estado a trabalhar no portátil e pc do R., mas sinto mesmo falta das minhas coisinhas.
Lado positivo da coisa, o R. usa um sistema operativo diferente, o Ubuntu (linux) e como tal tive de reaprender a trabalhar assim.
E claro como eu não faço a coisa por menos o meu primeiro virus tinha de ser assim em grande! dahhhhhhhhh

10 comments

  1. Anónimo