Um blog sobre a vida

Um blog sobre a vida

Estou feliz!


posted by Angel on

32 comments

Este post é dedicado a uma pessoa que me marcou e se tornou muito especial na minha vida.
Tem pessoas que entram na nossa vida, por uns minutos, umas horas, dias ou para a vida inteira... Surgem para nos ensinar alguma coisa, para modificar a nossa vida, para aprendermos algo de novo, não são colocadas em vão na nossa vida, trazem com elas um objectivo.Este mundo virtual trouxe até mim algumas pessoas, uma delas a Teresa, conhecemo-nos pessoalmente quando eu tinha 16 semanas de gestação e ela cerca de 14. Já falávamos à algumas semanas através deste nosso mundo virtual, acompanhávamos o crescimento das nossas barriguitas e trocávamos actualizações das mesmas, desde logo simpatizei com ela e com a sua maneira de ser. Ia ser engraçado ver as barriguitas a crescer e até quem sabe teríamos os nossos filhotes no mesmo sitio. Mas um dia tudo mudou... nunca vou esquecer aquele dia em que recebi a mensagem dela de que algo estava mal com o bebe, estava eu a conduzir a caminho de casa e fiquei logo em choque com o que estava a ler. Depois foi um suceder de acontecimentos e embora eu estivesse sempre convicta de que não seria nada de grave, apenas um susto daqueles que levamos em toda a gravidez, comecei a aperceber-me de que afinal a coisa era grave e séria. A bebé, a menina que eles tanto desejavam, era portadora de uma triploidia, trata-se de uma anomalia muito rara, tão rara que tem uma proporção de 1/10.000 casos(a médica disse-lhe que era mais facil acertar no totoloto), a bebé em vez de ter 46 cromossomas como todos nós, tem 69. Nesse dia o mundo dela desabou, acompanhei esse sofrimento mas pareceu-me tudo tão rápido que nem dava para pensar no que estava a acontecer. Nada mais havia a fazer se não interromper a gravidez... Fui visita-la após o sucedido e embora ela estivesse a tentar gerir as coisas da melhor forma notava-se um coração completamente desfeito, não posso dizer que imagino o que tenha sentido porque não me consigo colocar nessa posição. Eu sentia-me um pouco mal ali, senti mesmo, eu ali de barrigão a crescer e ela já sem a sua menina, fiquei triste.Fomos-nos encontrando mais vezes mas sempre me senti mal, porque punha-me a imaginar no que ela pensaria, afinal tínhamos pouca diferença de semanas e ao olhar para mim poderia pensar "Eu também já teria uma barriga assim..." O tempo foi passando o Diogo nasceu e no dia que me foi visitar ao hospital outra má noticia, tinha estado grávida mas uma gravidez anembrionária, nem sequer evoluiu.
A semana passada recebo uma mensagem a perguntar com quantos dias de atraso eu fiz o meu teste, fiquei logo contente ao ler tal mensagem. Na segunda ela fez um teste mas deu negativo, na sexta fez um beta e deu um valor baixo, 4, mas sendo já positivo, ontem repetiu o beta e 297!!! Gravidissima!!!
Fiquei extremamente feliz! Ela merece esta gravidez, merece que tudo corra bem e sem sustos, porque de sustos já chega.

32 comments

  1. cimieus